5 formas de receber o pagamento do cliente com rapidez e segurança

Hoje recebi um email de um caro leitor perguntando como fazer para receber do cliente o pagamento prometido. Então resolvi trazer a resposta para o nosso blog. Afinal, como faço para receber o pagamento do cliente? Faço em 3x na lábia? Confio no cliente em me pagar em dia? Afinal, o que devo fazer?

Convenhamos, se até nós que somos pessoas de bom coração, atrasamos uma continha ali ou aculá mesmo tendo a grana para pagar mas não pagamos por puro esquecimento, o mesmo pode ocorrer entre você e seu cliente, concorda? Então a primeira coisa que você deve colocar na cabeça é que há grande probabilidade do cliente atrasar o pagamento. Com isso em sua cabeça você não ficará explodindo de raiva por aquele dinheirinho não cair na conta na data prometida.

Anos atrás tinhamos poucas formas de receber do cliente a não ser por depósito bancário, cheque ou dinheiro à vista, em mãos. Com o progresso da internet abriu-se novas possibilidades de recebimento. Aqui listo 5 delas que poderão ajudar você, veja:

1. 50% na entrada, 50% na entrega. Dessa forma você já garante um inicial, confirmando o comprometimento do cliente em realizar aquele serviço com você até o final. Para garantir os 50% finais, só entregue os arquivos-fonte com o restante do pagamento.

2. Desconto à vista. O que você puder fazer para garantir o valor total antes de iniciar o trabalho, melhor. Mesmo que para isso você precise dar um bom desconto. Assim você poderá trabalhar tranquilo, sem medo de que será “enrolado” no final e para o seu cliente sempre haverá a vantagem do desconto.

3. Contrato. Em qualquer forma de pagamento escolhida, procure fazer um contrato. Esse contrato pode ser entre pessoas físicas ou jurídicas. E não se preocupe com registro, cartório, nada disso. Contrato basta um papel com direitos e deveres finalizando com uma assinatura de ambas as partes. Sendo assim pode ser num papel ofício, guardanapo, papel higiênico, o que for, pois estando escrito e assinado embaixo, basta isso para torná-lo um documento de valor legal.

4. Boleto. Se você tiver um sistema de criação de boletos poderá cobrar o cliente através deles. Você poderá cobrar multa e juros, fazendo com que o cliente se sinta “motivado” a pagar no vencimento. Além disso será mais fácil protestá-lo em caso de falta de pagamento.

5. Cartão de Crédito. Sem dúvida a melhor forma de recebimento tanto para você como para o cliente. O cliente poderá parcelar o valor em quantas vezes ele quiser e você receberá o valor integral, como se fosse à vista. Tudo bem, tem o valor das taxas do cartão mas aqueles 6% que o cartão leva embora compensa os outros 94% do valor que irão para sua conta. É a certeza do pagamento integral. Antigamente era difícil se associar as operadoras de cartão mas hoje com o advento do PagSeguro, Pagamento Digital e outros, a coisa ficou muito mais fácil.Não existem mais motivos para não aceitar cartão. É uma maravilha, dessa forma você nunca mais vai reclamar que o cliente não lhe pagou.

Quer utilizar o Pagseguro. Se registre, é grátis clicando aqui.

Já se você optar pelo Pagamento Digital, também é grátis clicando aqui.

No caso de falta de pagamento e se você notar má-indole do seu cliente, se dirija a um juizado especial que trate de pequenas causas. Você não precisará de advogado, basta ir até o juizado com os emails, contrato ou outras provas do serviço realizado, o que foi combinado com o cliente e o demonstrativo da falta de pagamento. Será aberto um processo, primeiro uma tentativa de conciliação e depois audiência. Normalmente na conciliação o cliente se prontifica a fazer um acordo pois ele pensará nos custos de advogado que deverá dispensar caso o processo se prolongue. E o melhor de tudo é que a justiça nesses casos é rápida, não demora mais que 6 meses.

A justiça funciona, o problema é que o brasileiro não costuma procurar a justiça por achar que ela não funciona. Para esses casos digo com conhecimento de causa que funciona muito bem. Portanto jamais combine nada com seu cliente por telefone ou ao vivo sem registrá-lo. Tudo que for combinado, registre em email e envie para o cliente. Isso poderá ser útil nesses casos.

Pronto! Agora pode trabalhar tranquilo.

Para o alto e Avante!

Bruno Ávila é publicitário e pós-graduando em Marketing com ênfase em ambiente digital pela FGV Brasília. Abriu sua própria agência em 1997, atendendo grandes clientes brasileiros. De 2001 a 2003 foi diretor de criação web do Grupo de Comunicação O Povo. Foi ganhador de três prêmios IBest, maior prêmio da Internet brasileira. Há 10 anos dirige a Ávila EAD, empresa voltada para soluções em educação a distância. Ministra cursos específicos sobre Design, Publicidade e Empreendedorismo por onde já passaram mais de 10 mil alunos. Bruno é autor do livro "Quero ser um Web Designer", um guia para os que desejam iniciar no mercado de web design.

53 Comentários

  • Douglas Ferraz

    18/01/2010 às 6:51 pm

    Existe ainda outras duas formas de recebimento através do cartão de crédito. E é ainda mais rápido que o PagSeguro ou Pagamento Digital.

    A primeira é o MOIP que o pagamento pode ser liberado em até 48 horas e o Dinheiro Mail, que libera em até 24 horas, em ambos tendo uma conta profissional.

  • Paulo Henrique

    18/01/2010 às 7:19 pm

    Parabéns pelas dicas Bruno.

    Hoje em dia temos várias ferramentas para cobrança, graças a Deus!

    Fique com Deus e tudo de bom para você.
    Para o alto e Avante!

  • Alex

    19/01/2010 às 7:16 am

    Bruno, e se o cliente for estrangeiro?

  • Cristian

    19/01/2010 às 9:03 am

    Muito bom Bruno! Valeu mesmo pelas dicas!

  • Bruno Ávila

    19/01/2010 às 11:10 am

    Se for estrangeiro você pode fazer via PayPal. Hoje o PayPal enviar o valor para você como crédito no seu cartão de crédito. :)

  • Tiago César Oliveira

    19/01/2010 às 2:48 pm

    Acho que o Paypal já credita contas correntes também…

    Tem também a F2B, que atua no Brasil e no exterior, e que não segura seu dinheiro, assim que ele cai na sua conta da empresa você já pode solicitar a transferência!

  • Samtps

    20/01/2010 às 9:58 pm

    Amei a dica, me sinto mais seguro quando vem de outro profissional.

  • Thiago Paulino

    21/01/2010 às 9:04 am

    Muito legal o post Bruno, parabéns!

    Nunca tive nenhum problema com pagamento de serviços felizmente! Mas acredito que seja uma questão de tempo certo? haha

    Pelo menos agora já sei o que fazer quando esse dia chegar.

    Obrigado por compartilhar as informações Bruno.

  • Tio_Wlad

    29/01/2010 às 11:45 am

    Boletos não são protestáveis ! É inútil protestar boletos e você pode ser processado. FAÇA UM CONTRATO, assinado, nunca trabalhe sem contrato o prejuízo é certo.

  • Fabio

    29/01/2010 às 12:21 pm

    Muito bom mesmo o artigo. Gostaria de alertar sobre a F2b que utilizo e funciona bem.Utilizo para boletos e carnes. Mas cartão de credito eles demoram pra creditar, o prazo é de 35 dias.
    A vantagem que vejo na F2b , é que o cliente não precisa ter LOgin, ele clica no link , abre a pagina onde ele escolhe o banco do boleto e aparece o boleto na hora, basta imprimir.

  • Elcio

    29/01/2010 às 1:31 pm

    Bruno, tem algo que vc não saiba???

  • Wilde Tavares

    29/01/2010 às 4:16 pm

    Parabéns Bruno. Eu já faço isso, mas muita gente não faz e com essas dicas da para alerta aos nossos colegas que tem como você trabalhar de uma forma justa e segura.
    Wilde Tavares

  • Ramalho

    29/01/2010 às 7:58 pm

    Alô Família WEB,

    Bruno sempre com exclusividade nos temas indo a busca de muletas para quem não consegue andar, parabens!

    O 1º ponto é profissional mas, os novos passam mal nos 50% na entrega porque sempre após a formação o Webdesigner quer sempre ver o seu trabalho no ar para servir de referência no seu portifólio. Por consequência acaba aceitando por o site online só para alegrar a sí próprio pela profissão e trabalho amado, embora ajude para a promoção de seus produtos e serviços.

    O melhor de todos pontos é o 3º pois é nele que se enumera dos pontos aqui existentes, faltando o cumprimento do descrito.

    Acrescentando sobre a questão do ALEX, existe outra forma que tenho usado muito segura para estrangeiros.

    Refiro-me a ” Western Union é o serviço de transferência de dinheiro mais rápido, cómodo, fácil e seguro que permite realizar transferências para qualquer parte do mundo, ou de qualquer país o seu. Destina-se exclusivamente a particulares (ordenante e beneficiário), quer sejam ou não Clientes do Banco.” desde que dê ao cliente os dados do seu Bilhete de Identidade, Passaporte ou outros afins. Falo por experiência própria porque tenho usado sempre.

    « Bruno ajude neste tema: Como convencer um cliente a preferir site acessíveis(design e redesign)? »

    Por um Webdesigner profissional vamos á luta!

  • Bruno Ávila

    30/01/2010 às 1:08 am

    Ramallho, Bom comentário e boa sugestão de post! Irei pesquisar sobre isso e brevemente um post surgirá! :) Abração!

  • Bruno Ávila

    30/01/2010 às 1:10 am

    Tem sim Elcio, muitas coisas! Sempre serei um eterno aprendiz! :)))

  • Vilson

    02/02/2010 às 3:37 pm

    Para não faltar, tinha que dar uma passada por aqui né Bruno, hehe.

    Bom esse post atendeu um monte de dúvidas, mas, no caso de pequenas mensalidades, onde o cliente sempre fala volte depois, ai você vai umas 500 vezes cobrar ? É gasto combustível, desgasta o carro, desgasta a paciência, blabla…, pensei em abrir um CNPJ, assim, você abre uma conta juridica em um banco onde você pode enviar boletos a seus clientes, e o banco mesmo se encarrega de protestar para você. É claro que isso tem custo, mas esse, é o seu sossego.
    E outra, o cliente já sabe que se não pagar dá problema para ele.
    O que você acha do meu raciocínio Bruno?

    Abraço.

  • Bruno Ávila

    03/02/2010 às 10:41 am

    Olá Vilson, é, acho que você tem que se regularizar. Procure criar sua empresa. E em caso de inadimplência mesmo após insistência com o cliente, procure o juizado especial, o famoso juizado de pequenas causas. Normalmente basta o aviso extra-judicial que o cliente paga. Afinal, contratar advogado para se defender sabendo que vai perder é uma fortuna. ;)

  • Mauricio

    10/02/2010 às 1:07 pm

    Bruno, tenho pessoa juridica e tal, mas às vezes, queria cobrar como física, sem custos de boleto, cobrança, papel, e tal.
    Pelo pagseguro ou pelo pagamento digital eu consigo gerar um boleto numa conta poupança, por exemplo? Saberia me dizer? E esse boleto, se vencido, pode ser enviado a um cartório ou juizado para protesto? Teria valor legal?
    Obrigado pela “consultoria”… rs
    Abraço!
    Mauricio

  • Carlos

    11/02/2010 às 8:44 am

    Bruno

    Acredito que essa nao seja a melhor maneira mas no meu caso sempre dá certo. Se o cliente nao me paga eu tiro o site dele do ar e coloco uma mensagem de congelamento do domínio. O cara passa o maior carão e liga propondo uma maneira de fazer o pagamento. Como hospedo os sites do clientes fica mais fácil fazer o bloqueio…

  • Derick

    11/02/2010 às 8:49 am

    Interessante sua matéria Bruno.
    Infelizmente para nós moradores no Japão, o pagseguro não funciona. Motivo? Boa pergunta.
    Já tentamos suporte online/e-mail, mas este também não funciona se estiver no Japão.
    Por telefone já ficamos esperando uma hora e ninguém atende.
    A única solução que encotramos foi através de VPN Japão/Brasil. Mas cá entre nós, é um pé no s@c0 desenvolver assim.
    Se o sistema deles é restrito para o Brasil, não seria mais “bonito” colocar uma mensagem na página inicial, do tipo “Olá! Você não está no Brasil, infelizmente nosso sistema não aceita operações internacionais”.
    Fico imaginando como um mero e mortal comprador fará se realmente um dia precisar utilizar esse sistema.
    Um abraço e AVANTE!

  • Bruno Ávila

    11/02/2010 às 3:19 pm

    Mauricio, no pagseguro sua conta bancária não tem nenhuma relação com a geração de boletos. Eles que geram o boleto, quando o dinheiro entra eles mandam para conta que vc cadastrou lá, que pode ser sua conta poupança. E quanto ao valor legal, claro, como disse, até se o boleto fosse de papel higienico poderia servir de prova na justiça. ;)

  • Bruno Ávila

    11/02/2010 às 3:22 pm

    Olá Derick, no caso de operações internacionais pode-se optar pelo Paypal, vc recebe como crédito no seu cartão de crédito. Eu utilizo e funciona muito bem.

  • Paulo

    14/02/2010 às 3:53 pm

    Oi, Bruno…

    Muito bom o post, mas…
    é o seguinte, fui me cadastrar no pay-pal mas
    PRECISA ter cartão de crédito….e e não tenho…como posso fazer para “recebimentos” internacionais? Alguma sugestão?

    abç

  • Stephanie

    25/02/2010 às 4:11 pm

    Bruno, perdoe minha ignorância, mas nota promissória seria uma opção? Tem algum valor?

    Abraço

    Stephanie

  • Bruno Ávila

    26/02/2010 às 2:04 am

    Nota promissória? Bem, nunca usei, na realidade já usei mas no Jogo da Vida, da Estrela. :) Infelizmente não tenho como comentar sobre nota promissória pois não tenho muito conhecimento sobre esse tipo de cobrança… :(

  • Pedro Diaz

    23/03/2010 às 6:02 pm

    Excelentes dicas! Com certeza irá ajudar e muito, quem fornece serviços através da internet.

  • Daniel Jhonatan

    27/06/2010 às 3:50 am

    Bruno com os comentários dos colegas acima tive uma idéia. Usar o sistema de boletos da F2B, e colocar no contrato uma clausa dizendo, se você cliente não pagar o boleto que é enviado ao seu no dia tal, vou bloquear o seu site. Por que aí ela paga rapidinho…
    Bruno o que você acha dessa idéia?

  • Bruno Ávila

    29/06/2010 às 6:28 pm

    Daniel, é uma boa opção, sem dúvida. O importante é não deixar a negociação ocorrer somente via voz. É necessário que seja tudo escrito.

  • Daniel

    06/09/2011 às 2:32 pm

    PayPal, melhor forma de receber pagamento, menos impostos, e mais de 172 paises

  • jhienmerson

    13/10/2011 às 7:50 pm

    Hum, não sabia que o contrato poderia ser usado msm sem aquela frescurada toda de cartório, bom saber disso….hehehehe!!!! :)))

  • João

    03/03/2012 às 8:00 pm

    Olá, muito bom!! se soubesse antes não teria levado calote. Obrigado pela informação.

  • Léo

    18/09/2012 às 3:26 pm

    e quando o cliente paga com cheque e volta as 2 vezes? tem como acionar juizado de pequenas causas?

  • Romário

    18/09/2012 às 3:29 pm

    Olá, ótimas dicas, eu estou usando atualmente o Moip e o PayPal, o PayPal libera pagamento em até 24horas e faço saque para minha conta corrente e cai em até 3 dias. Sem precisar ter conta profissional, o ruim é que nós que assumimos os juros do cartão do cliente, ou seja tarifas um pouco maiores que os demais…

  • Nelson Derato

    18/09/2012 às 3:37 pm

    Fica uma dica para quem é cliente Itaú. O banco gera boletos para quem tem conta como pessoa física também, e tem a opção de o banco enviar o boleto para o cliente por correio ou email. Caso o boleto vença, o próprio cliente atualiza atraves do link impresso no boleto, e já calcula o juros que vc determinar. Recomendo.

    Abs

  • Charles

    18/09/2012 às 7:43 pm

    Sempre achei que o registro em cartório fosse uma obrigatoriedade Legal. Obrigado pela informação.

  • Deise

    18/09/2012 às 9:30 pm

    Oi Bruno

    Muito 10 a matéria!

    Olha só, poderia fazer uma matéria ou comentar aqui sobre: recibo ou nota fiscal?

    Abração,
    Deise.

  • Kelvin Queiróz

    19/09/2012 às 4:10 am

    Parabéns pelo post Bruno
    me ajudou muito

  • andrea

    19/09/2012 às 8:18 am

    Ótimas dicas, Parabéns pela iniciativa!

  • rosalva freire

    19/09/2012 às 12:59 pm

    Parabéns Bruno, ótimas dicas.

  • Domingos Nunes

    20/09/2012 às 3:16 pm

    Esta informaçoes sao muito uteis para mim.

  • Hildo Antônio

    20/09/2012 às 10:15 pm

    Bruno, muito bom o artigo, parabéns pelas informações, onde observo que todos nós temos dúvidas.

  • Julio Cesar

    23/10/2012 às 9:48 am

    Bom dia Bruno, pesquisando pela web me deparei com esse post, esta de parabéns.. agora vamos ver se pode me ajudar, tenho um Lab. de prótsese Dentária e presto serviços para alguns clientes, onde o acerto de pagamento empre foi verbal, nunca tive problemas, tenho clientes a mais de 8 anos…. e tem um em específico q estou tendo um certo problema….. fiquei sabendo q pelo banco itaú tenho como emitir boleto mesmo sendo pessoa física, corri e abri uma conta, depos descobri q só posso emitir depois de 6 meses de movimetação, o q fiz, usei a conta da minha irmã e emiti um boleto para ele, onde o mesmo não pagou, o q devo fazer ?? protestar, mesmo estando no nome de outra pessoa ? no caso minha irmã ???

    Obrigado

  • Bruno Ávila

    23/10/2012 às 2:33 pm

    Sim, recomendo ir no juizado de pequenas causas, eu já testei e realmente funciona. ;)

  • Sayuri

    09/11/2012 às 1:43 pm

    Ola, estou querendo vender produtos online, Moro no exterior, mas gostaria de vender no Brasil e receber pagamentos ai. O PayPal parece q pede cartao credito no Br, e nao Tenho, e pede cnpj tbm nw Tenho . Qual seria uma boa solucao?
    Poderia mdar me um e-mail? Please

  • ISABEL VALDES

    01/02/2013 às 8:19 pm

    ÓLA BRUNO ÁVILA, BOAS SUAS DICAS, PARABÉNS! PORÉM GOSTARIA DE SABER SE OS BOLETOS SÃO REALMENTE PROTESTAVÉIS OU NÃO? GRATA.

  • faby

    08/05/2013 às 10:42 pm

    boa noite eu começei fazer apag seguro mas fui fazer uma cobrança e quando envio para o email da cliente aparece la vc não pode fazer comprar na sua propia loja

  • faby

    08/05/2013 às 10:43 pm

    falaram q tenho q fazer outro email onde coloco esse email e outro cadastro e

  • Paula

    31/05/2013 às 5:33 pm

    Bruno…e qdo assinamos um contrato um contrato, em inglês ou português , com um estrangeiro, mandamos invoices e não recebemos ? Como podemos cobrar ? Obrigada…Paula

  • alex

    01/06/2013 às 6:22 am

    olá! alguém pode me informar um plugin gratuito, ou pelo menos mais barato, que faça o que este plugin faz?

    http://www.hotmembers.com.br/?ref=e138960P

    obrigado desde já pela atenção dispensada!

  • paulo

    02/08/2013 às 8:19 am

    Bom dia!
    Eu tenho uma dúvida, um amigo meu da Holanda quer mandar uma remessa pequena de dinheiro mas ele pede o numero do meu passaporte que esta vencido desde 2005, eu tenho conta do Banco do Brasil, a pergunta é será q eu consigo retirar o dinheiro mesmo com o passaporte vencido?
    Att
    Paulo.

  • Thiago

    05/09/2013 às 5:55 am

    Só pra constar o pagamento por cartão não é recebido a vista como dito, ele é dividido e recebido de acordo de quantas vezes dividiu e qual dia ou sejá, se a pessoa comprou dia 3 e dividiu 30/60/90 você vai receber nos proximos 3 meses dia 3 ou se caso você não ”feche” as vendas da maquina ela poderá fechar no proximo dia, o que implicará o debito no dia 4

  • VANESSA MEIRELES

    06/11/2013 às 9:12 pm

    Bruno, muito esclarecedoara sua tese. mas me dê uma luz. Faço serviços de lembranças para festas , mas a maioria dos meus clientes são da interne ( face ), e estou com uma pendência de uma cliente há 4 meses….que ela so me enrola e adia o pagamento. Como devo agir, indo para pequenas causas, se não tenho documentos dela, apenas provas …..?? posso ir ao juizado mesmo assim ? Obrigada!

  • Elisangela

    03/07/2014 às 9:35 am

    Bom dia Bruno

    Preciso tirar uma dúvida , quando o cliente paga o boleto no cartório , o cliente sempre alega que paga todos os valores no cartório , mas seria correto ele pagar os juros do boletos, ref as taxas que são debitadas na conta , antes do envio para cartório ?
    Sempre o cliente reclamar comigo sobre essas taxas .. seria correto ??

    Obrigada

  • Comente

    *
    *

    counter

    O Significado das Cores

    Receba gratuitamente o eBook "O Significado das Cores" onde Bruno Ávila mostra os sentimentos positivos e negativos transmitidos pelas cores, auxiliando você a eleger a melhor opção para o seu projeto.

    Coloque seu email e receba gratuitamente: